top of page

Depilação definitiva com LED

A depilação definitiva sofreu um upgrade e a tecnologia do LED ocupou o ranking de primeiro lugar entre as demais tecnologias de depilação definitiva.

O LED chegou para tranquilizar as clientes que sofriam com a dor dos demais métodos de depilação e também aquelas de fototipo alto.

Depilação definitiva com LED

A fotoepilação usa diferentes fontes de luz para remover pelos indesejáveis. Antes contávamos apenas com a tecnologias dos lasers de diodo e da luz pulsada intensa, até que enfim chegou o que há de mais atual no mercado mundial da fotoepilação com luz assistida, a epilação com LED!

A fotoepilação com LED promove a destruição da unidade folicular, removendo os pelos sem danificar a pele ao redor. Ele age por fototermólise seletiva (é atraído pela cor do pelo), no entanto pode ser usado por todos os fototipos de pele, desde a pele mais clara até peles com mais melanina. Em caso de exposição ao sol, é preciso avisar o responsável pela aplicação antes da sessão para que os parâmetros sejam ajustados;  

 

Intervalos: As sessões devem ter um intervalo médio de 30 dias e nesse período deve-se suspender o uso da cera depilatória, podendo fazer uso apenas da gilete durante todo o tratamento.

Preparo pré fotoepilação: 

  • Antes do procedimento, a região deve estar limpa e com os pelos raspados com gilete 24 horas antes da sessão, pois se a haste do pelo não estiver curta, a luz LED irá atingir a melanina do pelo que absorverá o calor, não conduzindo-o para o bulbo piloso e não realizado tratamento de epilação LED.

  • Pelos claros (loiros, ou brancos), não são identificados pelo Led e por isso não serão extintos;

  • Durante o tratamento não se deve depilar as áreas tratadas com cera, pinça ou qualquer método que retire o pelo da raiz num prazo de 30 dias antes da sessão;

  • Não se deve usar ácidos na região tratada no período de 7 dias antes da sessão e 7 dias após a sessão;

  • Não se deve aplicar autobronzeadores no período de 7 dias antes da sessão;

  • Não se deve utilizar descolorantes na região tratada;​​

  • Caso apresente herpes frequente (mais de uma vez ao mês), procure atendimento médico antes das aplicações.

  • . Em caso de uso de antitranspirante tipo "Clinical", suspender o uso 3 dias antes da sessão.

Contraindicações: 

  • Herpes ativa

  • Vitiligo

  • Psoríase

  • Lúpus

  • Epiléticos

  • Feridas expostas

  • Tatuagens e pintas

  • Gestantes

  • Hirsutismo

  • Hipertricose

  • Histórico de herpes

  • Histórico de medicamentos fotossensíveis

  • Histórico ou uso de Isotretinoína

Sobre a dor: O procedimento é realizado mediante o uso de gel de contato e a pele permanece úmida pelo gel durante toda a sessão, por esse motivo não há um superaquecimento da pele, evitando as indesejáveis sensações de ardor como nos demais tratamentos de fotoepilação.

Todos os procedimentos de epilação por fototermólise, seja ele realiza-do com Luz Intensa Pulsada (IPL) ou laser diodo, dói. No entanto vale ressaltar que a epilação a LED é a mais moderna que existe, concentra a emissão de luz com maior precisão e não gera calor consideravel no emissor, o que possibilita ter o spot mais resfriado do que outras tecnologias (até -15°C), que gera um conforto térmico muito superior e sensação de dor (ardên-cia) totalmente suportáveis e que passará em segundos. 

Agendamento: O agendamento só é feito após o adiantamento de R$50 reais. Esse adiantamento é pra que haja 

comprometimento da parte do cliente em não faltar ou chegar atrasado. Esse valor deve ser depositado por Pix ou boleto e será abatido do valor da sessão. 

Tire suas dúvidas ou agende a sua sessão através do WhatsApp, clicando no botão que esta logo abaixo da tabela de preços.

Depilação a Led em 1106 (21 × 30 cm).png
IMG_20210310_173510876_edited_edited.jpg

Lúcia Nunes

Contato

(15) 99750-1000

Email 

Conecte-se conosco!

  • Facebook
  • Instagram
  • Logo-Whatsapp-Vazado-PNG
bottom of page